NOTÍCIAS

12/05/2020 | 12h01

Em tempos de pandemia, atendimento psicológico a colaboradores é essencial

Atendimento psicológico ajuda colaboradores

|
Compartilhe:

Diante de uma pandemia mundial, de uma hora pra outra a vida mudou, medidas  de prevenção como o isolamento social se tornaram essenciais para brecar a contaminação pelo Coronavírus, profissionais de saúde e toda uma camada de pessoas que trabalham diretamente em hospitais foram atingidas de alguma forma, se tornaram mais que essenciais no combate e tratamento da doença, diante disso aflorou também  a necessidade de um olhar para a saúde mental desses profissionais.

O Hospital de Câncer Alfredo Abrão, desde fevereiro oferece o serviço de psicologia para os mais de 400 colaboradores da entidade, a psicóloga Claudia Pinho realiza o trabalho de acolhimento desses profissionais, já foram mais de 390 atendimentos psicológicos.

Segundo o Guia de Intervenção Humanitária mhGAP (GIH-mhGAP) da Organização Mundial da Saúde, os transtornos mais frequentemente identificados em momentos de estresse coletivo intenso são as Reações Agudas ao Estresse e os Transtornos de Ajustamento. Na maioria dos casos, em curto prazo, é necessária uma escuta acolhedora dos sentimentos e preocupações da pessoa. 

As prioridades se focam em estabelecer um vínculo respeitoso de suporte, identificar necessidades urgentes, normalizar reações de estresse e luto, reforçar pensamentos de esperança para o futuro e orientar técnicas que podem reduzir o estresse, além de auxílio com questões práticas. 

Tanto os casos com maior impacto no funcionamento geral e maior gravidade de sintomas quanto os de evolução mais prolongada podem precisar de intervenções mais específicas voltadas ao diagnóstico e tratamento específico (transtorno depressivo, transtorno de estresse pós-traumático, entre outros).

Para a psicóloga Claudia Pinho “o trabalho se desenvolve em todas as esferas do HCAA, esse é um olhar muito importante que a diretoria tem sobre os colaboradores e focando no cuidar daquele que cuida, o processo psicoterapêutico breve é uma modalidade de atendimento que, além de acolher, ouvir o problema desse colaborador o auxilia a pensar, refletir e rever acerca da sua problemática, tudo é feito em conjunto para ajudar da melhor forma possível para cada assistido. Recebemos também a doação de frascos de florais, que estão sendo distribuídos e são de grande ajuda no tratamento”.

Tag3 - Desenvolvimento Digital