NOTÍCIAS

01/10/2021 | 16h45

Hospital de Câncer de Campo Grande-MS Alfredo Abrão e Rede Feminina abrem Outubro Rosa 2021

Hospital fará gratuitamente Mamografias e Papanicolaus durante o mês em prevenção aos cânceres de mama e de colo de útero

|
Compartilhe:

A Fundação Carmem Prudente de MS (FCPMS)- Rede Feminina de Combate ao Câncer de CG-MS e Hospital de Câncer de Campo Grande-MS Alfredo Abrão abriram oficialmente neste dia 1 de outubro a Campanha Outubro Rosa 2021.

A Diretoria Executiva da FCPMS fez cerimônia alusiva ao Outubro Rosa, mês de combate aos cânceres de mama e de colo de útero que são as principais neoplasias que mais matam as mulheres no Brasil e no mundo.

 

Estimulando o diagnóstico precoce em prevenção a estas neoplasias, o HCAA multiplicará os acessos aos principais exames de rastreamento dos cânceres de mama (Mamografias), de colo de útero (Papanicolau). Com apoio das Secretarias de Saúde do Estado e do Município, serão ofertados no HCAA os exames, entre os dias 4 e 29 do mês de outubro (*exceto feriados).


As mulheres interessadas poderão vir aqui diretamente no Hospital de Câncer de Campo Grande-MS Alfredo Abrão, localizado na Rua Marechal Rondon, 1053, na parte da manhã a partir das 7h e no período da tarde, a partir das 13h, pegar uma senha e fazer no mesmo dia o exame. No local está a Carreta Sesc Mulher que se uniu ao HCAA e à Rede Feminina de Combate ao Câncer de CG/MS na missão solidária de multiplicar a prevenção com a queda na realização dos exames preventivos em função da pandemia.


Os exames serão feitos gratuitamente de 4 a 29/10 (segunda a sexta-feira-*exceto feriados) da seguinte forma:


•40 Mamografias/dia: Mulheres na faixa dos 40 aos 65 anos.

Serão distribuídas senhas:

-20 senhas pela manhã, a partir das 7h.

-20 senhas no período da tarde, a partir das 13h.

Preparo: não é necessário preparo.


•80 Papanicolaus/dia: Mulheres na faixa dos 25 aos 64 anos.

Serão distribuídas senhas:

-40 senhas pela manhã, a partir das 7h.

-40 senhas no período da tarde, a partir das 13h.

Preparo do Papanicolau: Não estar no período menstrual e estar 48h sem relação sexual. (*exame somente para mulheres que já tenham iniciado a vida sexual).


Documentos:
RG, CPF e Cartão SUS.

 

SOBRE O OUTUBRO ROSA

 

Promovida anualmente, a campanha preventiva visa compartilhar informações sobre o câncer e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.

O movimento internacional intitulado “Outubro Rosa” nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, com objetivo de salvar vidas, buscando  estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Recentemente, o câncer de colo de útero também foi integrado à campanha, alusiva ao mês preventivo voltado à saúde da mulher.

 

Sobre o câncer de mama

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando tumores. A doença pode evoluir de diferentes formas, algumas com desenvolvimento rápido, outras mais lentamente, com características próprias de cada tumor. Quanto mais cedo a doença é detectada, maiores as chances de cura. No Brasil, o Ministério da Saúde, através do SUS, fornece tratamento integral e gratuito.

 

Estatísticas Câncer de Mama

De acordo como INCA (Instituto Nacional do Câncer) sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer de mama feminina ocupa a primeira posição mais frequente em todas as Regiões brasileiras. No Brasil estimam-se que serão 66.280 casos novos de câncer de mama, para cada ano do triênio 2020-2022. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61,61 casos novos a cada 100 mil mulheres. No Mato Grosso do Sul, o índice do INCA aponta 850 novos casos da doença.

 

Sobre o Câncer de Colo de Útero

A doença se desenvolve a partir de alterações no colo do útero, que se localiza no fundo da vagina. Essas alterações são chamadas de lesões precursoras, são totalmente curáveis na maioria das vezes e, se não tratadas, podem, após muitos anos, se transformar em câncer. As lesões precursoras ou o câncer em estágio inicial não apresentam sinais ou sintomas, mas conforme a doença avança podem aparecer sangramento vaginal, corrimento e dor, nem sempre nessa ordem. Nesses casos, a orientação é sempre procurar um posto de saúde para tirar as dúvidas, investigar os sinais ou sintomas e iniciar um tratamento, se for o caso.

 

Estatísticas Colo de Útero

De acordo como INCA (Instituto Nacional do Câncer) no País para cada ano do triênio 2020-2022, serão 16.710 novos casos de câncer de colo de útero, com um risco estimado de 16,35 casos a cada 100 mil mulheres. No Mato Grosso do Sul a previsão é de 270 casos novos da doença.

Sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer do colo do útero é o primeiro mais incidente na Região Norte (22,47/100 mil). Sendo o segundo no Nordeste (17,62/100 mil) e no Centro-Oeste (15,92/100 mil).

 

Serviço

Pauta: Campanha Outubro Rosa 2021- HCAA e RFCC-CG/MS
Campanha: 04 a 29/10/21 (De segunda a sexta-feira, com distribuição senhas 7h e às 13h).
Local: Hospital de Câncer de Campo Grande –Alfredo Abrão. Rua Marechal Rondon, 1053.
Contato: Isamélia Cavanheira, Assessora de Comunicação RFCC-CG/MS e HCAA.
Tel: (67) 3041-6000 (ramal 6023). Cel: (67) 9 9628-2372

 

 

Tag3 - Desenvolvimento Digital